Fotos do lançamento de Antônio Campos, “Olinda, um olhar”

0

“Noite de grande alegria para mim.
Agradeço a todos pela presença e consideração.

Olinda, um olhar é um testemunho, um canto de amor a Olinda. Procurei descrever a forte carta poética que Olinda inspira, num diálogo com imagens – fotografias de Marcus Prado.”  

<img class="aligncenter size-full wp-image-13960" src="http://fliporto.net/2014/wp-content/uploads/2015/11/ac_n viagra generique en pharmacie.jpg” alt=”ac_n” width=”1000″ height=”666″ srcset=”http://fliporto.net/2014/wp-content/uploads/2015/11/ac_n.jpg 1000w, http://fliporto.net/2014/wp-content/uploads/2015/11/ac_n-300×200.jpg 300w, http://fliporto.net/2014/wp-content/uploads/2015/11/ac_n-300×200@2x.jpg 600w” sizes=”(max-width: 1000px) 100vw, 1000px” />

 

Editado pela Carpe Diem, “Olinda, Um Olhar” traz para o leitor uma visão poética sobre a cidade de Olinda. Composta por crônicas, a obra conta, também, com fotos do jornalista e fotógrafo Marcus Prado. É uma homenagem à cidade que, há 6 edições, abriga a Festa Literária Internacional de Pernambuco.

acc_n

O projeto foi iniciado há cerca de dois anos, com a publicação do livro “Louvação ao Recife”, com o mesmo selo editorial, lançado na capital pernambucana, na Festa Literária de Paraty (Flip) e na Academia Brasileira de Letras (ABL). Agora, chega às livrarias locais e nacionais uma obra que enxerga a cidade considerada Patrimônio Histórico e Cultural de Olinda pela Unesco a partir de uma nova e íntima maneira.

“Não bastasse somente uma Olinda, real e amorosa, inventei outra cidade dentro dela, sem sair das suas raízes primordiais, inventadas ou não. Duas Olindas numa só, construídas com o mesmo olhar e fervor. Uma, tornou-se o mirador/espelho de outra, fonte inspiradora, reconhecendo que ninguém seria capaz de criar outra cidade igual a Olinda, mesmo com o engenho e arte da melhor Poesia”, disse Antônio Campos.

antonio99

 

 

 

 

Share.

Deixe seu comentário